19.9.10

Moça bicando

Cheguei voando,
flamingando
em sonho de cheiro a mar.
Brotando palavras-poema
tintas de terra vermelha.
Ficaram quedos de espanto
o tempo e o espaço.

E eu,  moça bicando
na memória dos afectos,

aromei na imagem
o sabor ardente e a magia
do berço onde nasci.


4 comentários:

Campista selvagem disse...

Seja omde for é lindo.

Sergio Paiva disse...

Adorei o teu trabalho, além de matar saudades de Moçambique. Nota 1000 para o título.... carregado de arte e imaginação criativa. O sangue luso nos faz assim!!!

Zé Povinho disse...

Vi aqui a Catedral da Beira, bem ali ao pá do pavilhão que era o da mocidade, onde joguei bastantes vezes. Ainda existirá a Escola de Artes e Ofícios, mesmo ao lado?
Abraço do Zé

Madalena disse...

Fui baptizada na Catedral da Beira e morava na antiga Avª da República, hoje Avª Eduardo Mondlane.
O antigo edifício da Escola de Artes e Ofícios existe, mas não sei se já foi recuperado, do que leio deste excerto sobre a reabilitação feita naquela avenida no ano passado, conforme publicado no Jornal Verdade:

"Nas margens da Avenida Eduardo Mondlane, para além da UCM (Faculdade de Economia e Gestão), existem várias infra-estruturas de utilidade pública, destacando-se o Centro de Saúde da Ponta-Gêa, que já se designou Hospital Central Rainha Dona Amélia e também Hospital Europeu, a Farmácia Beira, cujo nome se mantém desde a era colonial, o Pavilhão dos Desportos da Beira, então Pavilhão de Desportos da Mocidade Portuguesa, a Escola Primária Eduardo Mondlane, a Direcção da Educação, Juventude e Tecnologia da Cidade, a Catedral, onde fincionava igualmente a Escola de Artes e Ofícios, em frente do Pavilhão dos Desportos da Beira, bem como outras igrejas.

A antiga Avenida da República começava um pouco antes da Administração do Parque Imobiliário do Estado (APIE) e terminava na Praça Almirante Reis (actualmente Praça 3 de Fevereiro), de acordo com dados que constam do caderno “Roteiro da cidade da Beira”.

Actualmente, a Avenida Eduardo Mondlane começa na Praça do Município (então Praça Almirante do Gago Coutinho e também Largo do Município, no antigo bairro residencial Aruângua, actualmente bairro Chaimite) e termina na Praça da Independência, segundo o vereador para a área de Construção e Urbanização do CMB, Agusto Manhoca. O troço acrescentado era designado Avenida 5 de Outubro, que partia da Praça Almirante Reis até à Praça da Índia, conforme dados do “Roteiro da cidade da Beira”.

Aconselho consulta ao site, onde estão várias fotos da "nossa" rua:

htpp://beiralisboacoimbra.blogspot.com/2007/09/passeio-pela-beira-iv-ponta-ga.html

Espero ter sido útil. :)