1.11.10

OLHEM SÓ

Olhem só para estes céus de Outono, dinâmicos na sua mescla de luz e sombras, feitos de réstias de azul que rasgam em riste os nublados cinzentos e se deixam encadear por raios de branco solar que, obstinadamente, tentam iluminar a terra.
















3 comentários:

Campista selvagem disse...

É o fim das estações ao ar livre, entramos afinal mum periudo negro de centros comerciais, cinemas e muitas das vezes nem de casa arriscamos sair, exp para o trabalho.
é o frio que se aprocima, o cheiro a humidade e mofo enfim uma completa tristesa.
Invernamos afinal.

Madalena disse...

Não tenho esse sentir por nenhuma das estações, meu caro Campista Selvagem. Cada uma tem o seu quê de belo e de bem-estar. Naturalmente, o sol é rei e proporciona mais alternativas, disposição e condições mais favoráveis ao conforto. Mas também gosto do cheiro das lareiras, de estar em casa com a família e amigos, de ficar a ler ou a conversar. E de muitas vezes sair, passear e fotografar céus como estes e outros, neve e mares agitados. Não deixo de sair e usufruir do ar livre em nenhuma estação, só quando há temporal mesmo. A Natureza revela-se bela em todas as circunstâncias. É uma questão de observarmos atentamente.
Invernemos à descoberta.
Vai ver que é excelente.

Observador disse...

Imagens aparentemente assustadoras mas realmente belas.