22.4.10

ISTO VAI, MEUS AMIGOS, ISTO VAI

Isto vai meus amigos isto vai
Um passo atrás são sempre dois em frente
e um povo verdadeiro não se trai
não quer gente mais gente que outra gente.













Isto vai meus amigos isto vai
O que é preciso é ter sempre presente
que o presente é um tempo que se vai
e o futuro é o tempo resistente.














Depois da tempestade há a bonança
que é verde como a cor que tem a esperança
quando a água de Abril sobre nós cai.














O que é preciso é termos confiança.
Se fizermos de Maio a nossa lança
isto vai meus amigos isto vai.
Poema de José Carlos Ary dos Santos, O Futuro




















4 comentários:

Observador disse...

Esperança retratada por um, mais um, grande poema do Ary.

E que dizer da "libertadora" gaivota a esvoaçar sobre o nosso Tejo esplendoroso?

Jorge Ampuero disse...

Lindos versos. Te leo con el google traductor.

Un abrazo...

Madalena disse...

Obrigada, Jorge, pela visita.
Lindo e rico de conteúdo, o seu espaço Escrito pelo Fogo.
Abraço

Madalena disse...

Obrigada, observador, pela observação permanente e gratificante. :)
Bjs